Doenças causadas pelo mijo dos animais domésticos

Os animais domésticos, além do carisma, afeto e alegria, podem também transmitir doenças. É importante saber quais são as mais comuns, como preveni-las e combatê-las.

O pêlo, a saliva, as patas, a urina e as fezes de animais, como gato, cachorro, roedores e pássaros, podem conter diversos microorganismos capazes de ocasionar doenças em crianças, jovens, pessoas adultas e idosas. A precaução é tomar alguns cuidados, tais como vacinação, combate de verminose e consultas periódicas ao veterinário, mesmo que o animal não apresente nenhum sinal ou sintoma.

Alguns cuidados para se prevenirem doenças

• Não compartilhar cama e alimentos com os animais, por mais que eles sejam queridos.
• Evitar carinhos, como beijos e/ou lambidas, muito próximo ao rosto (lábios, nariz e olhos).
• Recolher rapidamente as fezes e a urina dos animais (não deixando-as expostas a moscas e ao contato humano), assim como desinfectar adequadamente o local.
• Procurar assistência terapêutica sempre que alguém for arranhado e mordido por um gato e/ou mordido por um cão.
• Consultas periódicas ao veterinário e/ou quando o animal apresentar algum problema de saúde.
• O organismo animal é muito sensível às drogas alopáticas. Em geral, eles respondem muito bem às terapêuticas alternativas e naturais. Podem ser tratados de forma segura e efetiva com naturopatia, homeopatia, nutrologia, fisioterapia, acupuntura e terapia ocupacional.
• É importante ter cuidado com animais doentes e com os produtos de origem animal (sangue, saliva, muco, pus, urina, fezes, etc.).

• Micoses (Cão, gato e coelho). Não deixar o animal dormir em locais úmidos. Manter sempre a sua casinha limpa. Se ele apresentar queda de pêlo ou áreas redondas sem pêlos, deve-se consultar um veterinário.

Sarna sarcóptica causada por ácaro (Cão, gato, coelho e cavalo): dar banho nos animais a cada 15 dias e, semanalmente, trocar os panos da cama.

• Criptococose (Cão, gato, ovinos, pombos e primatas): doença provocada por um cogumelo com forma de levedura (fungo) e que se manifesta mais freqüentemente na forma de uma meningite subfebril, com evolução crônica acompanhada de hipertensão intracraniana e presença de leveduras no líquido cefalorraquidiano. Na maioria das vezes, a porta de entrada do germe são os pulmões.

• Brucelose (Cão): doença infecciosa do rebanho (vacas, cabras e carneiros), causada pela Brucella melitentis. Pode durar meses, ocasionando febre irregular, suores nortunos, dores no corpo, fadiga muito intensa e aumento do volume do fígado. Transmissão: secreções vaginais, fetos e secreções do parto. Os machos contaminam as fêmeas no acasalamento. Prevenção: acasalar apenas os animais não contaminados. Por isso, deve-se fazer teste de brucelose antes do acasalamento. Devem ser usadas luvas para o auxílio às fêmeas no parto.

• Lepstospirose (Cão): causada por bactéria presente na urina dos ratos que contamina a água de enchente, lama etc. Transmissão: é transmitida às pessoas quando a pele com pequenas lesões entra em contato com locais e objetos contaminados pela urina de ratos doentes. Prevenção: à noite, não deixar comida em vasilhames destampados. Combater os ratos, vacinar anualmente os animais; em áreas endêmicas, a cada 6 meses.

• Raiva (Cão, gato, primatas e cavalo). Transmissão: mordida de morcego hematófago ou de animal doente. O vírus encontra-se presente na saliva de animais infectados. Prevenção: vacinação anual a partir dos 4 meses de vida.

Doença de Lyme (Cão): causada pela bactéria espiroqueta Borrelia burgdorferi, transmitida por carrapatos

Doenças de Chagas: causada pelo tripanossomas, é transmitida pela picada da mosca tse-tsé.


 

doenças

sábado 12 novembro 2011 20:02



Nenhum comentário Doenças causadas pelo mijo dos animais domésticos



Seu comentário :

(Opcional)

(Opcional)

error

Importante: comentários racistas, insultas, etc. são proibidos nesse site.Caso um usuário preste queixa, usaremos o seu endereço IP (54.166.227.36) para se identificar     



Abrir a barra
Fechar a barra

Precisa estar conectado para enviar uma mensagem para maripdanimais

Precisa estar conectado para adicionar maripdanimais para os seus amigos

 
Criar um blog